sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Milhares de pessoas marcharam em Genebra para lembrar vítimas do Mediterrâneo

Milhares de pessoas desfilaram hoje pelas ruas de Genebra, na Suíça, para homenagear os milhares de imigrantes mortos às portas da Europa. Milhares de pessoas em silêncio, muitas em lágrimas para exigir uma resposta das autoridades à crise que se vive no Mediterrâneo onde milhares de imigrantes arriscam a vida para fugir à guerra, à fome e às más condições de vida. É precisamente em Genebra que fica a sede das Nações Unidas na Europa e a organização internacional para as migrações que já veio alertar para a possibilidade do número de vítimas no Mediterrâneo possa chegar aos 30 mil este ano, 10 vezes mais que no ano passado. Debaixo de forte contestação e depois do naufrágio de um navio, ao largo da Líbia que matou mais de setecentas pessoas, a União Europeia anunciou que vai triplicar a frota naval no Mediterrâneo recuperando o orçamento que tinha no ano passado, antes de suspender a operação Mare Nostrum ao largo da costa do sul da Europa.

SIC

  • Barco naufraga no Brasil, pelo menos sete mortos

    Mundo

    Uma embarcação com cerca de 70 pessoas a bordo naufragou na terça-feira no rio Xingú, no estado brasileiro do Pará. Pelo menos 25 pessoas foram resgatadas com vida, há sete mortos confirmados.

    Em atualização

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19