sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ministros da Defesa e Negócios Estrangeiros UE discutem missão no Mediterrâneo

Os ministros da Defesa e dos Negócios Estrangeiros da União Europeia vão discutir hoje, numa reunião conjunta em Bruxelas, os contornos da missão naval no Mediterrâneo contra o tráfico ilegal de imigrantes decidida pelos líderes europeus.   

Fotografia da guarda costeira italiana no resgate de náufragos no mar Mediterrâneo.

Fotografia da guarda costeira italiana no resgate de náufragos no mar Mediterrâneo.

ITALIAN COAST GUARD PRESS OFFICE / HANDOUT

Os 28 deverão aprovar os princípios gerais da operação, a ser lançada no quadro da Política Comum de Segurança e Defesa, tal como decidido pelos chefes de Estado e de Governo da UE no Conselho Europeu extraordinário de abril sobre as tragédias no Mediterrâneo, que no entanto só será lançada mais tarde, até porque ainda não há o necessário enquadramento legal, em termos de direito internacional, para levar a cabo a planificada destruição das embarcações utilizadas pelos traficantes.

Para atacar as embarcações, a UE necessita ou de autorização das autoridades líbias, ou de um mandato do Conselho de Segurança das Nações Unidas, mas a primeira é inviável enquanto não houver um governo de unidade nacional, num país que atualmente atravessa grande instabilidade, e a "luz verde" da ONU não é garantida, tendo já Rússia e China manifestado as suas reservas.

Além da questão das migrações, o Conselho ministerial conjunto de hoje, que contará com a participação do secretário-geral da NATO, irá também preparar o Conselho Europeu de junho próximo, no qual os chefes de Estado e de Governo da UE irão traçar a "nova" Política Comum de Segurança e Defesa para os próximos anos.

Portugal estará representado no Conselho pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.