sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Marinha britânica resgata cerca de 500 pessoas ao largo de Itália

A marinha britânica socorreu este domingo cerca de 500 pessoas a bordo de quatro embarcações em perigo ao largo de Itália, cuja chegada eleva para mais de 50 mil o número de migrantes que desembarcaram este ano na costa italiana.

No sábado, cerca de 3500 imigrantes amontoados em 15 barcos foram resgatados a 45 milhas ao largo da Líbia, sem terem sido registadas vítimas. (Arquivo)

No sábado, cerca de 3500 imigrantes amontoados em 15 barcos foram resgatados a 45 milhas ao largo da Líbia, sem terem sido registadas vítimas. (Arquivo)

© Soe Zeya Tun / Reuters

Um helicóptero a bordo do navio da Marinha Real 'Bulwark', que faz parte da frota multinacional que patrulha o Mediterrâneo, avistou quatro barcos hoje de manhã nas águas territoriais entre a Líbia e a Itália, disse um porta-voz do Ministério da Defesa britânico, em Londres.

"O 'Bulwark' começou as operações de socorro para resgatar as pessoas que seguiam a bordo", acrescentou.

No sábado, cerca de 3500 imigrantes amontoados em 15 barcos foram resgatados a 45 milhas ao largo da Líbia, sem terem sido registadas vítimas.

A marinha italiana, que recolheu 475 migrantes na Sicília, indicou ter recebido no barco de resgate sete mulheres grávidas, que foram hospitalizadas à chegada.

A guarda costeira italiana informou que os fuzileiros navais italianos, alemães e irlandeses tinham feito parte da operação, coordenada pela Organização Não Governamental MOAS (Migrant Offshore Aid Station), com sede em Malta, e pelos Médicos Sem Fronteiras.

Com os migrantes resgatados neste fim de semana e com os que chegaram aos portos da Sicília e ao sul da Itália, o número de migrantes acolhidos desde o início do ano pelo país deverá exceder os 50.000, o que representa um aumento superior a 10% durante os primeiros cinco meses de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em 2014, desembarcaram na costa italiana 170 mil migrantes.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações, cerca de 1.770 homens, mulheres e crianças morreram ou desapareceram ao tentar a travessia, incluindo cerca de 800 migrantes no naufrágio de um barco em abril, a pior tragédia das últimas décadas no Mediterrâneo.

A Comissão Europeia instou os Estados-Membros da UE a apoiarem 40.000 requerentes de asilo da Síria e da Eritreia que chegaram à Itália e à Grécia, em solidariedade com Roma e com Atenas, mas o pedido tem suscitado grandes reservas, nomeadamente em França.
Lusa
  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Número de vítimas mortais dos incêndios sobe para 45

    País

    Uma pessoa que estava internada no Hospital da Prelada, Porto, na sequência dos incêndios do dia 15 nas regiões Centro e Norte, morreu hoje, anunciou a unidade hospitalar, subindo assim para 45 o número de vítimas mortais daqueles fogos.

  • "Eu confiava no BES e dizia aos meus amigos para porem lá o dinheiro"
    0:37
  • Achado inédito encontrado na nau de Vasco da Gama naufragada em Omã

    Mundo

    Uma equipa de investigadores afirma ter encontrado, ao largo da costa de Omã, o mais antigo instrumento de navegação alguma vez descoberto. O achado arqueológico é um astrolábio e terá sido localizado no meio do que resta da nau Esmeralda, da frota de Vasco da Gama, naufragada no Oceano Índico em 1503.

    SIC

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.