sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Doze mortos em operação de resgate de 823 imigrantes no sul de Itália

A Guarda Costeira italiana anunciou hoje a descoberta de 12 cadáveres nas operações de resgate de 823 pessoas, na quinta-feira, em oito operações no Mediterrâneo.

© Antonio Parrinello / Reuters

Os 12 corpos foram encontrados numa embarcação insuflável, parcialmente afundada, em que viajavam outras 106 pessoas

Sete das operações de resgate foram realizadas por um navio da guarda costeira e dois barcos a motor, com base no porto de Lampedusa, assistidos por outra embarcação.

Nas imagens distribuídas pela Guarda Costeira pode ver-se uma embarcação cheia de pessoas com coletes salva-vidas e que começaram a bater palmas e a agitar os braços durante a aproximação do barco de resgate.

  • Quase 300 migrantes resgatados no Mediterrâneo e levados para Catania
    1:59

    Mundo

    Cerca de 300 migrantes foram resgatados, esta quinta-feira, das águas do Mediterrâneo e levados para o porto italiano de Catania, na Sicília. Isto no dia em que o Alto-Comissário da ONU para os Refugiados, António Guterres, apelou a uma "resposta robusta" e "mais eficaz" por parte da União Europeia perante a crise dos refugiados.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.