sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Doze mortos em operação de resgate de 823 imigrantes no sul de Itália

A Guarda Costeira italiana anunciou hoje a descoberta de 12 cadáveres nas operações de resgate de 823 pessoas, na quinta-feira, em oito operações no Mediterrâneo.

© Antonio Parrinello / Reuters

Os 12 corpos foram encontrados numa embarcação insuflável, parcialmente afundada, em que viajavam outras 106 pessoas

Sete das operações de resgate foram realizadas por um navio da guarda costeira e dois barcos a motor, com base no porto de Lampedusa, assistidos por outra embarcação.

Nas imagens distribuídas pela Guarda Costeira pode ver-se uma embarcação cheia de pessoas com coletes salva-vidas e que começaram a bater palmas e a agitar os braços durante a aproximação do barco de resgate.

  • Quase 300 migrantes resgatados no Mediterrâneo e levados para Catania
    1:59

    Mundo

    Cerca de 300 migrantes foram resgatados, esta quinta-feira, das águas do Mediterrâneo e levados para o porto italiano de Catania, na Sicília. Isto no dia em que o Alto-Comissário da ONU para os Refugiados, António Guterres, apelou a uma "resposta robusta" e "mais eficaz" por parte da União Europeia perante a crise dos refugiados.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.