sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de duas mil pessoas morreram no Mediterrâneo desde janeiro

Mais de duas mil pessoas morreram desde o início de 2015 ao tentarem atravessar o Mediterrâneo para chegar à Europa, segundo um novo balanço divulgado esta terça-feira pela Organização Internacional das Migrações (OIM).

Segundo a organização, cerca de 188 mil pessoas foram salvas no Mediterrâneo desde o início deste ano.

Segundo a organização, cerca de 188 mil pessoas foram salvas no Mediterrâneo desde o início deste ano.

© Darrin Zammit Lupi / Reuters

"Infelizmente ultrapassámos um marco em que 2 mil migrantes e refugiados morreram até ao fim de semana passado", disse um porta-voz da OIM, Itayi Virri, à imprensa em Genebra.

Segundo a organização, cerca de 188 mil pessoas foram salvas no Mediterrâneo desde o início deste ano.

Lusa

  • Passos Coelho diz que UE não tem dado resposta aos fluxos migratórios
    0:59

    Mundo

    O primeiro-ministro ponta o dedo à União Europeia na resposta aos fluxos migratórios ilegais no Mediterrâneo. Pedro Passos Coelho diz que nunca foi dito aos Estados Membros o que faz falta para concertar a estratégia para um problema comum, com várias raízes e que compromete a segurança do continente. Declarações em Málaga, na visita ao destacamento da Força Aérea Portuguesa que integra a Operação Indalo, uma missão da Frontex, a Agência europeia responsável pela gestão das fronteiras.

  • Carlos Coelho diz que faltam fundos e vontade para resolver crise migratória
    1:38

    País

    O eurodeputado do PSD, Carlos Coelho, considera que faltam fundos, mas também vontade política para resolver a crise de refugiados na Europa. Carlos Coelho diz que a diretiva do retorno não está a ser cumprida e é preciso rever as regras do asilo, que estão a agravar a situação dos refugiados económicos em Calais, por exemplo. No Mediterrâneo, a situação é ainda pior desde que a União Europeia criou uma operação para substituir a italiana Mare Nostrum, mas, no final, ficou tudo igual ou pior.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.