sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Cerca de 224 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo até julho

Cerca de 224 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo em direção à Europa nos primeiros sete meses deste ano, divulgou hoje a ONU, um dia depois de um novo naufrágio que poderá ter provocado mais de 200 mortos.

© Darrin Zammit Lupi / Reuters

"O que temos à porta da Europa é uma crise de refugiados", afirmou um porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), William Spindler, numa declaração enviada por e-mail à agência francesa AFP.

Segundo o representante, até finais de julho, cerca de 224 mil refugiados e migrantes chegaram à Europa por via marítima.

No início de julho passado, este mesmo organismo indicou que já tinha sido atingido um recorde de migrantes no primeiro semestre do ano: 137 mil pessoas.

Quase todas estas pessoas atravessaram o mar Mediterrâneo, muitas vezes em embarcações frágeis e em condições precárias, mediante um pagamento a redes de tráfico de seres humanos, frisou o porta-voz.

Deste total, 124 mil desembarcaram na Grécia e cerca de 98 mil em território italiano.

Durante o mesmo período, mais de 2.100 pessoas perderam a vida no mar ou estão dadas como desaparecidas, acrescentou William Spindler.

O porta-voz do ACNUR frisou que este número não engloba as cerca de 200 pessoas que poderão ter morrido num naufrágio ocorrido na quarta-feira ao largo da Líbia, durante a travessia do Mediterrâneo.

A embarcação de pesca, que segundo testemunhos de sobreviventes transportava 600 pessoas, enviou um pedido de socorro a cerca de 15 milhas náuticas ao largo da Líbia, sinal que foi recebido pela guarda costeira de Catânia, na Sicília.

Dois navios - o holandês "Dignity One" e o irlandês "Le Niamh" - foram enviados de imediato para o local do naufrágio, mas a embarcação naufragou quando os passageiros se deslocaram todos para um lado para serem socorridos, relatou, na quarta-feira, a guarda costeira italiana.

O navio irlandês "Le Niamh" chegou hoje à cidade italiana de Palermo com 367 sobreviventes a bordo, incluindo 12 mulheres e 13 crianças, bem como os corpos de 25 vítimas que foram recuperados do mar.

"A maioria das pessoas que atravessa o Mediterrâneo são refugiados que fogem da guerra e da perseguição, e não migrantes económicos", disse Spindler, salientando que a guerra civil síria é responsável por 38% das chegadas verificadas até julho último.

No 'top' de nacionalidades segue depois a Eritreia (12%), Afeganistão (11%), Nigéria (5%) e a Somália (4%).

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.