sicnot

Perfil

Crise Migratória na Europa

ONU alerta para situação desesperada de migrantes na Grécia

ONU alerta para situação desesperada de migrantes na Grécia

A ONU alerta para a situação desesperada de milhares de migrantes que se encontram na Grécia. A falta de estruturas para lidar com o fluxo de refugiados e a lentidão dos processos burocráticos estão a criar uma situação insustentável.

  • ONU acusa Grécia de falta de liderança para enfrentar crise dos refugiados
    0:25

    Crise Migratória na Europa

    Desde o início do ano, já chegaram à Grécia, pelo Mar Mediterrâneo, cerca de 160 mil imigrantes e refugiados. Os dados foram esta terça-feira divulgados pela ONU, que acrescenta que houve um aumento significativo nas últimas semanas. Só no mês passado, chegaram mais de 50 mil pessoas por mar. Pela via terrestre, através da fronteira com a Turquia, entraram na Grécia mais de 1700 até ao final de julho. No total, foram quase 17 mil sírios, seguidos de mais de 2800 afegãos e mais de 580 iraquianos. A Agência das Nações Unidas para os Refugiados alerta para uma crise sem fim. O porta-voz William Spindler acusa a Grécia de falta de liderança para enfrentar a chegada de migrantes ao país e a União europeia de não apoiar Atenas.

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.