sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Itália lança operação para resgatar até 3.000 migrantes no Mediterrâneo

A Guarda Costeira italiana anunciou hoje o estabelecimento de uma operação para resgatar até 3.000 migrantes, à deriva no Mar Mediterrâneo, ao largo da costa da Líbia, após pedidos de socorro de 18 embarcações.

Arquivo

Arquivo

© Handout . / Reuters

Pelo menos sete navios -- seis italianos e um norueguês -- participam nesta vasta operação de socorro a migrantes, que se encontram em 14 barcos semirrígidos e outras quatro embarcações, num total de 2.000 e 3.000 migrantes.

Mais de 104 mil migrantes de África, do Médio Oriente e do sul da Ásia já chegaram ao sul da Itália este ano, depois de serem resgatados no Mediterrâneo.

Outros 135 mil chegaram à Grécia e mais de 2.300 morreram no mar, durante a tentativa de chegar à Europa.

A polícia de Palermo, na Sicília, anunciou hoje ter detido seis egípcios acusados de serem traficantes de imigrantes, encontrados num barco à deriva a 19 de agosto.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Johnny Depp sugere assassínio de Trump
    0:31