sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Corpos de cerca de 40 pessoas encontrados no porão de embarcação ao largo da Líbia

Os corpos de cerca de 40 pessoas foram encontrados hoje no porão de uma embarcação com mais de 400 migrantes no Mediterrâneo ao largo da Líbia, informou a guarda costeira sueca.

© Darrin Zammit Lupi / Reuters


A descoberta foi feita quando o navio sueco Poseidon foi enviado pela guarda costeira italiana para prestar ajuda a uma embarcação em perigo.

O porta-voz da guarda costeira sueca, Mattias Lindholm, disse à agência noticiosa France Presse que o Poseidon tinha conseguido resgatar 439 pessoas da embarcação de madeira.

"Infelizmente estavam cerca de 40 pessoas mortas no porão", adiantou.

O navio sueco estava na área como integrante da missão de busca e salvamento da Frontex, a agência de gestão das fronteiras da União Europeia.

Pouco antes do socorro à embarcação de madeira, o Poseidon tinha resgatado 130 migrantes de um bote de borracha na mesma zona.

Segundo a guarda costeira italiana, estavam a decorrer hoje à tarde operações de socorro para salvar cerca de 2.000 migrantes a bordo de uma dezena de outras embarcações igualmente ao largo da Líbia.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.