sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 300 mil migrantes atravessaram o Mediterrâneo desde janeiro

Mais de 300.000 migrantes atravessaram o Mediterrâneo desde janeiro e mais de 2.500 pessoas morreram no mar quando tentavam alcançar a Europa, anunciou hoje o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

© Reuters TV / Reuters

"O número de refugiados e migrantes que atravessaram o Mediterrâneo este ano já ultrapassou os 300.000, cerca de 200.000 chegaram à Grécia e 110.000 a Itália", contra cerca de 219.000 em 2014, disse uma porta-voz do ACNUR, Melissa Fleming, num encontro com a imprensa.

Fleming acrescentou que cerca de 2.500 migrantes morreram durante a travessia, precisando que o número não inclui os mortos e desaparecidos ao largo da Líbia na quinta-feira no naufrágio de uma embarcação que transportava à volta de 200 pessoas.

Pelo menos 76 pessoas morreram e 198 foram resgatadas naquele naufrágio ao largo da cidade de Zouara, a cerca de 160 quilómetros a oeste da capital da Líbia, Tripoli, indicou hoje um porta-voz do Crescente Vermelho líbio.

Segundo o ACNUR, o ano passado, cerca de 3.500 migrantes e refugiados morreram ou foram dados como desaparecidos no Mediterrâneo.

Lusa

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.