sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Sobe para 70 número de migrantes encontrados mortos em camião abandonado na Áustria

As autoridades austríacas informaram hoje ter recuperado os corpos de mais 70 migrantes encontrados, na véspera, no interior de um camião abandonado numa autoestrada do país.

© Heinz-Peter Bader / Reuters

O número, hoje confirmado à agência francesa AFP pelo porta-voz do Ministério do Interior Alexander Marakovits, supera a estimativa inicial, que apontava para entre 20 e 50 cadáveres.

Os corpos foram encontrados num camião abandonado na autoestrada A4, entre o lago Neusiedl e a localidade de Pandorf, no estado federado de Burgenland, na fronteira com a Hungria.

Não foram avançadas informações sobre as nacionalidades, idades ou origem das vítimas, mas a polícia austríaca no leste do estado de Burgenland convocou uma conferência de imprensa para as 11:00 locais (menos uma hora em Lisboa).

A polícia lançou uma operação para encontrar o motorista do veículo pesado, estacionado durante várias horas na berma da autoestrada.

O camião frigorífico, de 7,5 toneladas, tem matrícula húngara e símbolos de uma empresa avícola eslovaca.

As vítimas terão morrido asfixiadas, quando viajavam de forma ilegal, perto das fronteiras com a Eslováquia e a Hungria.

Dezenas de milhares de refugiados das guerras no Médio Oriente, sobretudo sírios e iraquianos, além de afegãos, cruzaram os Balcãs nas últimas semanas tentando chegar à Europa Ocidental.

A Hungria, que tem fronteira com a Sérvia, é o primeiro país da zona Schengen, de livre circulação comunitária, a partir do qual os refugiados tentam chegar a outros países, sobretudo Alemanha e Suécia.

Lusa

  • Português de 15 anos morre em estância de esqui em Espanha

    País

    Um jovem português morreu esta quarta-feira numa estância de esqui, em Espanha. O rapaz de 15 anos queixou-se de dores de cabeça e foi transportado para a Unidade de Cuidados de Saúde da Estância de Esqui, onde acabou por morrer.

    Em desenvolvimento

  • Europa num clima de tensão parecido ao dos anos que antecederam a 2.ª Guerra Mundial
    2:18

    Mundo

    O populismo e a demonização do outro estão a conduzir a Europa a um clima de tensão semelhante ao dos anos que antecederam a 2.ª Guerra mundial. A conclusão é do relatório anual da Amnistia internacional, que denuncia ainda que 2016 foi um ano de "implacável miséria e medo" para milhões de pessoas. Embalados pelo discurso do medo, vários governos recuaram nos direitos humanos.