sicnot

Perfil

Crise Migratória na Europa

Milhares de refugiados continuam a chegar à Europa

Milhares de refugiados continuam a chegar à Europa

Indiferentes à falta de consenso entre países europeus sobre a forma de gerir a vaga migratória, refugiados e migrantes continuam diariamente a chegar à Europa. Por uma das rotas do Mediterrâneo, chegam à Grécia, mas todos querem prosseguir a viagem.

  • Áustria reforça patrulhamento junto à fronteira com a Hungria
    1:31

    Crise Migratória na Europa

    A polícia austríaca intensificou o patrulhamento policial nas principais autoestradas que ligam o país à Hungria, o que provocou filas de longos quilómetros. As autoridades austríacas justificam a decisão com o combate ao tráfico de pessoas. Na semana passada, foram encontrados num camião abandonado numa autoestrada da Áustria os corpos de 71 refugiados que terão morrido por asfixia.

  • Bruxelas promete acolher refugiados em fuga à guerra
    1:47

    Crise Migratória na Europa

    A Comissão Europeia promete acolher os refugiados que tentam fugir à guerra e perseguições. Já os migrantes, que procuram apenas melhores condições económicas, terão a vida dificultada. O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, subescreveu a ideia durante uma visita a Calais, onde milhares de pessoas tentam a sorte no Túnel da Mancha.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15