sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

A falsa história do jihadista do Estado Islâmico a pedir asilo na Europa

Uma foto-montagem que percorreu a Internet afirmando ser um combatente do Estado Islâmico (EI) a pedir asilo na Europa revelou conter informação errada. O utilizador do Facebook responsável pela publicação - que foi partilhada mais de 70 mil vezes -, já pediu desculpa pelo erro.

A foto-montagem que um utilizador do Facebook publicou como sendo um combatente do Estado Islâmico (esq.) atualmente a pedir asilo na Europa (dir.).

A foto-montagem que um utilizador do Facebook publicou como sendo um combatente do Estado Islâmico (esq.) atualmente a pedir asilo na Europa (dir.).

Facebook

À primeira vista, parece claro que o homem fotografado à esquerda, com barba comprida, equipamento militar e uma arma, é um jihadista a combater pelo Estado Islâmico. À direita, o mesmo homem mas agora barbeado, de T-shirt e mochila, está na fronteira da Macedónia.

Na legenda lê-se: "Lembram-se deste homem? A posar como um combatente do EI há um ano - agora é um 'refugiado'. Somos idiotas ou quê!"

A possibilidade de combatentes do EI estarem a tentar infiltrar-se na Europa misturando-se com os refugiados tem vindo a preocupar os Governos europeus e há comandantes jihadistas que têm afirmado que enviam militantes através das rotas do Mediterrâneo utilizada pelos traficantes de pessoas - embora estas alegações sejam difíceis de confirmar.

De qualquer forma, este homem que aparece nas duas fotos não é um desses supostos jihadistas a passar por refugiado. Na realidade a sua identidade está muito bem documentada uma vez que há cerca de um mês foi entrevistado pela agência Associated Press.

Laith Al Saleh é sírio de Aleppo, foi comandante do Exército Síria Livre - formado por desertores das forças do regime de Bashar al-Assad. Tem 30 anos e fugiu da Síria para se refugiar na Europa.

"Cerca de 70% da cidade (Aleppo) está destruída. Na Síria, sou procurado pela Al-Qaeda, pelo Daesh (Estado Islâmico), pelo Governo - lutei contra todos eles (...) Algumas pessoas têm medo. Eu não", contou à AP.

As fotos aparecerem pela primeira vez no site The Atlantic, identificando Saleh como "antigo comandante rebelde sírio", sem qualquer referência ao Exército Síria Livre. A foto-montagem começou então a circular do Twitter e no Facebook e os pormenores sobre a luta de Saleh na Síria foram-se perdendo.

O utilizador que partilhou uma das "versões" mais virais da foto-montagem - com mais de 70 mil partilhas - disse à BBC que fê-lo de boa fé e pede desculpa por ter interpretado mal os factos. A conta de Peter Lee Goodchild foi entretanto bloqueada.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.