sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Caminhos-de-ferro dinamarqueses suspendem ligações com a Alemanha

Os caminhos-de-ferro dinamarqueses DSB cancelaram hoje todas ligações ferroviárias com a Alemanha após dezenas de refugiados terem recusado abandonar pelo menos dois comboios numa passagem por 'ferry' perto da fronteira alemã.

© Scanpix Denmark / Reuters

"Foi a polícia que pediu para fazermos isto", disse à agência noticiosa AFP um porta-voz da DSB, quando centenas de outros refugiados decidiram caminhar por uma autoestrada em direção à Suécia, que possui condições de asilo mais flexíveis.

A polícia dinamarquesa também optou por encerrar parte da via rodoviária, perto da fronteira com a Alemanha, quando os 300 refugiados decidiram pôr-se em marcha.

Estas pessoas estavam alojadas num edifício escolar após terem chegado a Padborg, uma cidade na região ocidental da Jutlândia perto da fonteira alemã, mas optaram por tentar alcançar a Suécia.

Neste percurso, e caso consigam chegar a Copenhaga, situada a cerca de 300 quilómetros, os refugiados dizem pretender seguir de comboio em direção à cidade sueca de Malmo, no sul do país escandinavo.

"A escola não é uma prisão e não existe uma barreira em seu redor. Quando 300 pessoas decidem em conjunto deixar a escola, efetuamos uma abordagem baseada no diálogo", referiu em comunicado a polícia local. "A polícia decidiu não utilizar a força, mas está a seguir o grupo".

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.