sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Alemanha mobiliza 4 mil soldados devido a afluxo de refugiados

Cerca de 4.000 soldados alemães vão ser mobilizados este fim-de-semana para atuarem caso se registe um afluxo em massa de refugiados, indicou hoje ao semanário Der Spiegel a ministra da Defesa alemã, Ursula von der Leyen.

Segundo a polícia austríaca, os refugiados que decidiram pedir asilo político na Áustria podem fazê-lo na estação ferroviária, sendo depois enviados para diferentes centros de acolhimento.

Segundo a polícia austríaca, os refugiados que decidiram pedir asilo político na Áustria podem fazê-lo na estação ferroviária, sendo depois enviados para diferentes centros de acolhimento.

© Leonhard Foeger / Reuters

"Cerca de 4.000 soldados [da Bundeswehr, o exército alemão] vão estar prontos para serem mobilizados em caso de urgência e apenas neste fim-de-semana", indicou.

A ministra insistiu que apenas serão utilizados como um reforço em caso de "urgência". No âmbito da ajuda no acolhimento às dezenas de milhares de refugiados que estão a afluir à Alemanha, a divisa da Bundeswher é "o máximo de boa vontade".

Previamente, e durante uma visita a Praga, o chefe da diplomacia germânica, Frank-Walter Steinmeier, tinha afirmado que o país aguarda 40 mil novos refugiados neste fim-de-semana, uma previsão que o Ministério do Interior e a polícia não confirmaram à agência noticiosa AFP.

A Alemanha diz-se disponível para acolher 800 mil requerentes de asilo em 2015, quatro vezes mais que em 2014 e um recorde na Europa.

Ursula von der Leyen explicou ainda que os refugiados vão ser acolhidos em quartéis, separados dos soldados por barreiras de segurança, como já sucede em 27 edifícios da Bundeswher em todo o país.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.