sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Federação suíça vai doar 455 euros por cada golo marcado em auxílio aos refugiados

A Federação Suíça de Futebol (SFL) anunciou hoje que vai doar 500 francos suíços (455 euros) por cada golo marcado na jornada do campeonato no fim de semana, em auxílio aos refugiados.

© Heinz-Peter Bader / Reuters

"Na última época cerca de 50 países estavam representados no campeonato suíço de futebol (SFL). Os clubes sabem diariamente o verdadeiro significado do que é a integração e a solidariedade", justificou o presidente da SFL, Heinrich Schifferle.

A verba de 500 francos contempla cada golo marcado em jogos da primeira e segunda divisão, especifica a SFL em comunicado e será doado à fundação suíça de solidariedade 'Chaîne du Bonheur'.

Na última jornada marcaram-se 13 golos na divisão principal e 16 na segunda.

Nesta ronda os adeptos que se desloquem aos estádios serão também convidados a fazerem donativos àquela fundação.

A iniciativa da SFL junta-se a inúmeras outras no mundo de futebol, entre as quais uma proposta pelo FC Porto, para que os clubes doassem um euro por bilhete vendido no primeiro jogo 'caseiro' da Liga dos Campeões para ajudar refugiados.

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira