sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria pede ativação de mecanismo europeu de proteção civil

A Hungria pediu hoje à Comissão Europeia a ativação do mecanismo de proteção civil de modo a poder começar a receber ajuda de outros Estados-membros para lidar com o fluxo migratório no país.

Csaba Krizsan

"A Hungria solicitou hoje a ativação do mecanismo de proteção civil para poder pedir ajuda", disse uma porta-voz do executivo comunitário, Mina Andreeva.

A porta-voz explicou, na conferência de imprensa diária da Comissão Europeia, que o Governo húngaro pediu colchões, roupa de cama, almofadas, cobertores e aquecedores.

A Hungria tornou-se recentemente no terceiro país da chamada da linha da frente, estando a braços com vagas de refugiados que tentam entrar no espaço comunitário.

O primeiro-ministro, Viktor Orbán, pediu a Bruxelas uma verba de oito milhões de euros para aumentar as instalações de acolhimento e que deverá ser entregue rapidamente.

A Hungria e a Macedónia registaram hoje um novo recorde de entrada de refugiados desde o início da crise migratória, tendo as autoridades húngaras mobilizado 3.800 soldados para reforçar a vedação anti-imigração na fronteira com a Sérvia.

O responsável pela comunicação do Alto-Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), Alexandra Krause, indicou que "cerca de 7.600 migrantes, incluindo da Síria, entraram na Macedónia", enquanto a polícia húngara anunciou a entrada de 3.601 pessoas nas últimas 24 horas.

"Temos informações de nossos colegas gregos em como mais imigrantes continuam a chegar em autocarros" à fronteira com a Macedónia, disse Alexandra Krause, após confirmar a chegada de 7.600 migrantes entre quinta-feira e sexta-feira.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01