sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Manifestação de apoio a refugiados juntou centenas em Lisboa

GALERIA DE FOTOS

Centenas de pessoas desfilaram hoje no centro de Lisboa com cartazes de apoio aos refugiados, com a manifestação a terminar no Terreiro do Paço sem incidentes, apesar da presença de nacionalistas do Partido Nacional Renovador (PNR).

ANT\303\223NIO COTRIM

ANT\303\223NIO COTRIM

ANT\303\223NIO COTRIM

ANT\303\223NIO COTRIM

A manifestação de apoio a refugiados, convocada nas redes sociais por um "movimento de cidadãos", começou junto da Rotunda do Marquês de Pombal e desceu a Avenida da Liberdade.

Organizada no âmbito do Dia Europeu de Ação aos Refugiados, que levou hoje às ruas de várias cidades europeias milhares de pessoas, a manifestação juntou na maioria jovens, com cartazes como "bem-vindos refugiados".

Iniciada com um grande cartaz onde se lia "Toda a gente em todo o lado" a manifestação teve ainda música e palavras de ordem como "paz sim, guerra não, para todos sem exceção" "bem-vindos" ou "fronteiras não, somos todos irmãos".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".