sicnot

Perfil

Crise Migratória na Europa

Jovem sírio está a estudar em Évora desde março

Jovem sírio está a estudar em Évora desde março

Há um jovem sírio que está a estudar em Évora desde março do ano passado. É um testemunho interessante de quem fugiu de uma das cidades mais fustigadas pela guerra.

  • Último comboio da Áustria para a Alemanha partiu esta tarde
    1:14

    Crise Migratória na Europa

    O último comboio a partir da Áustria com destino à Alemanha saiu, esta tarde, da estação de Viena. Centenas de refugiados conseguiram um lugar que lhes permite chegar a Munique. A quantidade de pessoas na plataforma da estação da capital austríaca levou a polícia a ter reforçar a segurança para evitar o caos. Os passageiros foram encaminhados por agentes até à entrada no comboio. As autoridades estimam que desde a meia noite cerca de 6 mil refugiados entraram na Áustria, um número que, este domingo, deve ultrapassar os 10 mil e que ficam, agora, bloqueados, em Viena. A maioria destas pessoas procura, de facto, chegar à Alemanha. Pelo menos até esta segunda-feira, as ligações entre os dois países estão suspensas.

  • Pelo menos 28 pessoas morreram num naufrágio ao largo da Grécia
    1:44

    Crise Migratória na Europa

    A crise dos refugiados nas fronteiras como a da Hungria não tem travado os que continuam a querer chegar à Europa por mar, nem as tragédias em que essas viagens arriscadas, muitas vezes, terminam. Esta manhã, 28 pessoas morreram ao largo da Grécia, no naufrágio de uma pequena embarcação que transportava mais de 70 migrantes e a verdade é que todos dias, há dezenas de barcos que fazem a travessia.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.