sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Bulgária envia mil militares para a fronteira com a Turquia

​A Bulgária começou o destacamento de um milhar de soldados na fronteira com a Turquia, por recear um fluxo de migrantes, anunciou hoje um responsável do Ministério do Interior búlgaro.

© Stoyan Nenov / Reuters

"Perante uma situação complicada", provocada pela crise migratória, "foi iniciado um plano que prevê o destacamento de até um milhar de soldados em toda a fronteira búlgaro-turca" no prazo de uma semana, declarou Gueorgu Kostov, secretário-geral do ministério.

O plano de patrulhas conjuntas do exército e da polícia na fronteira foi aprovado pelo primeiro-ministro Boyko Borisov e entrou em vigor esta manhã, acrescentou.

Estado-membro da UE desde 2007, a Bulgária já enviou um contingente extraordinário de mil polícias para a fronteira com a Turquia.

A Bulgária tem uma fronteira terrestre de 259 quilómetros com a Turquia, dos quais 30 quilómetros estão protegidos por uma vedação de arames farpados que deverá ser prolongada.

Um milhar de migrantes concentrou-se, nos últimos dias, no setor de Edirn, localidade do noroeste da Turquia, próxima das fronteiras grega e búlgara, de acordo com a agência noticiosa francesa AFP. O objetivo destes refugiados é continuar viagem através do norte da Grécia para a Macedónia e a Sérvia para chegar à Europa ocidental.

"Nunca podemos prever a direção da vaga de refugiados (...) Se um país decide fechar a fronteira, eles vão para outra fronteira", declarou o ministro da Defesa búlgaro, Nikolay Nentchev, à rádio pública BNR.

O primeiro grupo de cerca de meia centena de soldados já está a caminho da zona e um outro de 160 partirá esta noite", disse.

"Temos capacidade para enviar até mil efetivos a qualquer momento", sublinhou.

A Bulgária regista sistematicamente os migrantes, nomeadamente sírios, iraquianos e afegãos, que coloca durante meses em campos à espera de uma decisão sobre a atribuição do estatuto de refugiado.

A ministra do Interior, Rumiana Batchvarova, disse que esta prática será mantida, com todo o rigor. A Bulgária não pertence ao espaço Schengen de livre circulação e tem fronteira com a Roménia, Sérvia, Macedónia e Grécia. Atenas, Skopje e Belgrado autorizam o trânsito dos migrantes.

Desde o início do ano, a polícia de fronteiras búlgara registou a chegada de 7.400 migrantes, principalmente a partir da Turquia.

Milhares procuram entrar clandestinamente no país, sendo frequentemente detidos já na Bulgária ou na fronteira com a Sérvia.

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • China descobre nova mutação do vírus H7N9

    Mundo

    A China descobriu uma nova mutação do vírus H7N9, considerada a mais mortífera das estirpes que causam a gripe das aves, sobretudo para aves vivas, não representando nova ameaça para os seres-humanos, informou hoje a imprensa estatal.

  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.

  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.