sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Itália disposta a abrir centros de registo de refugiados

O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, manifestou-se hoje disposto a abrir centros de registo de refugiados, mas defendeu que a Europa deve assumir a responsabilidade para solucionar a crise migratória.

© Yannis Behrakis / Reuters

"A Itália está pronta para fazer a sua parte em termos de política europeia e em matéria de gestão da migração", disse.

Segundo o chefe do Governo italiano, o país está disponível para abrir centros de registo de refugiados em conjunto com medidas globais, que "incluam políticas de admissão e distribuição equitativa dos que chegam ao território europeu".

O primeiro-ministro italiano falava numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente francês, François Hollande, depois de um encontro para discutir a crise migratória na Europa.

"A Europa deve derrubar muros, não construí-los. Se atualmente há países que fazem parte da União Europeia é porque houve outros que derrubaram muros para o bem-estar, liberdade e futuro", disse.

Os líderes da União Europeia vão reunir-se extraordinariamente a 23 de setembro para debater a crise migratória e adotarem decisões concretas.

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.