sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Holanda detém dois sírios por tráfico de migrantes para a Europa

A polícia da Holanda deteve dois cidadãos sírios por organizarem uma rede de tráfico de pessoas que introduziu centenas de migrantes na Europa, anunciou hoje o Ministério Público holandês.

Refugiados tentam chegar por mar à Grécia.

Refugiados tentam chegar por mar à Grécia.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Os dois homens, detidos na cidade de Eindhoven (sul) depois de uma investigação de um ano, levaram refugiados da Turquia pelo Mediterrâneo para a Europa, transportando-os depois para a Holanda, Alemanha, Dinamarca e Suécia.

Pela perigosa travessia marítima, os traficantes cobravam 7.000 euros a cada migrante e, depois de chegarem à Grécia ou a Itália, pediam-lhes mais 700 euros para os levarem de automóvel ou miniautocarro para países do norte da Europa.

À medida que o fluxo de refugiados aumentou, nos últimos meses, o preço pedido pelos traficantes subiu para 1.500 euros, segundo o Ministério Público.

O principal suspeito, de 35 anos, a residir com um primo em Eindhoven, tinha uma lista de contactos com milhares de nomes e organizava o transporte, por mar e por estrada, dos refugiados.

O outro suspeito, de 26 anos, era sobrinho do primeiro e estava encarregado de recrutar migrantes na Hungria e na Áustria.

A investigação permitiu identificar casas temporárias em Milão, Atenas, Viena e Budapeste, onde os migrantes aguardavam transporte para os países de destino.

Os dois suspeitos foram detidos na sexta-feira. Um terceiro homem, de 27 anos, com quem o principal suspeito contactava frequentemente, foi detido no princípio do mês em Budapeste.

Lusa

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01