sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Suíça dispõe-se a acolher 1.500 dos 40.000 refugiados aceites na UE

A Suíça disponibilizou-se hoje para receber nos próximos dois anos 1.500 dos 40.000 refugiados que a União Europeia decidiu em junho repartir pelos países membros.

© Arnd Wiegmann / Reuters

A Suíça não é membro da UE, mas integra o espaço europeu de livre circulação Schengen.

Segundo um comunicado do governo suíço, os 1.500 refugiados a acolher devem estar já "registados e identificados" na Grécia e Itália, principais países de entrada de migrantes na Europa.

O governo suíço justifica esta condição com o "cumprimento dos compromissos de Dublin", referindo-se às regras de acolhimento que definem que cabe ao primeiro país da UE a que chega um candidato a asilo a responsabilidade de avaliar o pedido de asilo.

A UE decidiu em junho acolher 40.000 refugiados, embora tenha rejeitado que a repartição fosse por um sistema de quotas obrigatórias.

O agravamento da crise migratória, com o número de pessoas que atravessar o Mediterrâneo desde janeiro a aproximar-se do meio milhão, levou a Comissão Europeia a propor o acolhimento de 120.000 refugiados, proposta que ainda não foi aceite pelos países membros.

Esses 1.500 refugiados que a Suíça se disponibilizou a receber serão contudo deduzidos ao contingente de 3.000 pessoas que Berna tinha decidido em março acolher, precisa o comunicado.

O Conselho Federal (governo) aprovou por outro lado desbloquear uma verba de emergência de 50 milhões de francos suíços (46 milhões de euros) para financiar operações humanitárias das organizações internacionais na Síria e nos países vizinhos.

Além dessa verba, Berna decidiu aumentar 20 milhões o orçamento humanitário de 2016.

"Esta ação é modesta, mas se todos fizessem o mesmo, podia alcançar-se uma soma importante. Lançamos um apelo à comunidade internacional para que não espere pelos orçamentos de 2016 e faça um esforço suplementar antes do fim do ano", disse em conferência de imprensa o ministro dos Negócios Estrangeiros, Didier Burkhalter.

O ministro frisou que organizações humanitárias internacionais têm falta de recursos e que nomeadamente o Programa Alimentar Mundial foi obrigado a reduzir para metade as rações alimentares por falta de verbas.

Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

    Em atualização

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.