sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria termina vedação de arame farpado na fronteira com a Croácia

A Hungria anunciou hoje que terminou a instalação de uma vedação de arame farpado com uma extensão de 41 quilómetros, ao longo da sua fronteira com a Croácia, para travar o fluxo de migrantes.

© Bernadett Szabo / Reuters

"A vedação foi terminada na noite de sexta-feira para sábado", indicou à AFP o porta-voz do Ministério da Defesa, Attila Kovacs.

Budapeste decidiu instalar uma vedação de arame farpado ao longo dos 41 quilómetros de fronteira em terra firme com a Croácia, uma vez que os restantes 330 quilómetros de fronteira entre os dois países são delimitados pelo rio Drave, difícil de atravessar.

A Hungria, defensora de uma atitude dura contra os migrantes, já tinha edificado uma vedação semelhante nos 175 quilómetros de fronteira com a Sérvia.

O país pretende ainda vedar a sua fronteira com a Roménia.

O primeiro-ministro croata, Zoran Milanovic, anunciou na sexta-feira que a Croácia vai encaminhar os migrantes no território para a Hungria.

Questionado sobre a transferência de migrantes para a Hungria, Milanovic afirmou "não ter outra escolha" e que era uma decisão legítima.

"A Hungria fechou a fronteira com arame farpado, o que não é uma solução, mas a solução também não é que todas estas pessoas fiquem na Croácia", insistiu, criticando violentamente a incapacidade da União Europeia em encontrar uma solução para a crise migratória.

Lusa

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • CDS avança com moção de censura ao Governo

    País

    A líder do CDS anunciou hoje que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo, na sequência dos incêndios que fizeram 37 mortos desde domingo, quatro meses depois da tragédia de Pedrógão Grande.

    Em atualização

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • Há uma semana que as florestas ardem na Califórnia
    1:34