sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Chefes da diplomacia da Europa Central reúnem-se 2.ª feira

Os chefes de diplomacia da Polónia, República Checa, Eslováquia e Hungria reúnem-se na segunda-feira com o homólogo do Luxemburgo, país que detém a presidência rotativa da União Europeia (UE), para discutir a crise dos migrantes.

© Laszlo Balogh / Reuters

A informação foi avançada pelo ministro da diplomacia polaco, Grzegorz Schetyna.

"Na segunda-feira de manhã teremos uma reunião em Praga dos ministros dos Negócios Estrangeiros do grupo de Visegrado com o homólogo luxemburguês", afirmou.

Na terça-feira, os ministros dos Negócios Estrangeiros voltam a encontrar-se.

"Estas são reuniões importantes, são dias para resolver questões importantes no imediato, mas sobretudo para o futuro da Europa", acrescentou.

Os países do grupo de Visegrado opõem-se ao sistema de quotas de imigrantes proposto por Bruxelas.

Lusa

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Rui Rio comprometeu-se a realizar apenas dois debates
    0:45

    País

    Rui Rio disse esta terça-feira que foi apanhado de surpresa com a mudança de posição de Pedro Santana Lopes, que exige três debates entre os dois candidatos à liderança do PSD nos canais generalistas. Rui Rio reiterou ainda que se comprometeu a fazer apenas dois debates.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.