sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria prepara construção de novas vedações para afastar refugiados

O Governo da Hungria continua a apostar na construção de mais vedações fronteiriças numa tentativa de travar o fluxo de refugiados que chegam à Europa, através de um despacho governamental.

Reuters

Um decreto publicado na segunda-feira à noite no boletim oficial do país e assinado pelo primeiro-ministro, Viktor Orban, ordena aos ministros do Interior e da Defesa que preparem novas cercas, apesar de não especificar o local.

A imprensa especula que podem ser erguidas na província de Zala, que faz fronteira com a Croácia, por onde estão a entrar milhares de refugiados por dia, desde a semana passada.

O decreto ordena às províncias onde se declarou "estado de emergência por imigração em massa", seis no total, a preparação do "encerramento temporário da fronteira".

As autoridades húngaras declararam "estado de emergência" nas províncias de Csongrad, Bacs-Kiskun, Baranya, Vas, Somogy e Zala, todas junto às fronteiras com a Croácia ou com a Sérvia.

A Hungria construiu uma vedação de metro e meio e está a terminar outra, de quatro metros de altura, ao longo da fronteira com a Sérvia, e quer fazer o mesmo com a Croácia.

Depois de fechada a fronteira com a Sérvia, no passado dia 15, os imigrantes têm optado por seguir para a Áustria, pela Croácia e pela Eslovénia.

Nos últimos dias, cerca de 20.000 refugiados chegaram à Hungria a partir da Croácia, transportados até à fronteira pelas autoridades croatas, que depois, já em território húngaro, são levados pelas autoridades magiares para a Áustria em comboios e autocarros.

Segundo a polícia húngara, na segunda-feira foram intercetados 5.530 refugiados que entraram no país de forma ilegal.

O parlamento húngaro aprovou também, na segunda-feira, uma lei, que hoje entra em vigor, que autoriza a mobilização do exército em defesa das fronteiras, para apoiar a polícia.

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.