sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 10 mil refugiados entraram ontem na Hungria

Um novo recorde de 10.046 refugiados entrou quarta-feira na Hungria, a maioria através da Croácia, avançou hoje a polícia húngara. Os refugiados continuam o seu percurso através dos Balcãs em direção ao norte da Europa.

© Antonio Bronic / Reuters

Um total de 9.939 migrantes entraram na Hungria provenientes da Croácia, enquanto 102 cruzaram a fronteira da Sérvia, anunciou a polícia.

O anterior recorde foi estabelecido a 14 de setembro deste ano, quando 9.380 migrantes entraram na Hungria, pouco antes de ser selada a fronteira com a Sérvia.

O fecho da fronteira da Hungria com a Servia na semana passada levou milhares de migrantes a entrar na Croácia, que rapidamente foram travados pelas autoridades que começaram a encaminhá-los para a fronteira húngara.

Depois de entrarem na Hungria, os comboios levam-nos depois para a fronteira austríaca. O estado oriental de Burgenland registou quarta-feira um recorde de entradas registando 5.900 e mais 2.200 desde a meia-noite locais de hoje (23:00 em Lisboa).

Da Áustria os migrantes procuram viajar para o norte da Europa, em particular para a Suécia e Alemanha que abrandaram as leis de asilo para os sírios mas que apertaram os controlos fronteiriços.

Os novos números surgem depois dos países da União Europeia terem acordado quarta-feira aumentar a ajuda aos países vizinhos da Síria e mobilizar mil milhões de euros para as organizações que ajudam os refugiados.

Lusa

  • 70 milhões de euros até 2020 para Portugal integrar refugiados
    2:43

    Crise Migratória na Europa

    Portugal deverá receber 70 milhões de euros até 2020 para integrar migrantes e refugiados. Na cimeira de Bruxelas, os chefes de Estado e de Governo da União Europeia acordaram aumentar o apoio mobilizando um total de mil milhões de euros através do Alto Comissariado da ONU para os refugiados e do Programa Alimentar Mundial. Os líderes europeus querem que até ao final de novembro esteja a funcionar o mecanismo de recolocação de migrantes e refugiados para acolher os 160 mil que já entraram na Europa.

  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50
  • Como comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • Primeira casa reconstruída de raiz depois dos incêndios de Pedrógão já foi entregue
    1:49
  • Saiba que efeitos causam os diferentes tipos de bebidas alcoólicas

    Mundo

    As diferentes bebidas alcoólicas alteram e moldam o estado de espírito de formas distintas, concluiu um estudo científico sobre consumo de álcool e emoções. Segundo esta pesquisa, quem ingere bebidas espirituosas pode sentir-se irritado, sexy ou triste, enquanto quem opta pelo vinho tinto ou cerveja terá mais probabilidade de se sentir descontraído.