sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Cerca de 8.500 refugiados chegaram à Croácia nas últimas 24 horas

Cerca de 8.500 refugiados chegaram nas últimas 24 horas à Croácia e grande parte já foi transportada até a fronteira com a Hungria, que contabilizou hoje quase 10.000 refugiados, segundo a contagem mais recente da polícia.

© Marko Djurica / Reuters

Desde que a Hungria fechou as suas fronteiras com a Sérvia no dia 15 de setembro - desde então os refugiados desviam o seu caminho pela Croácia -, chegaram ao país 73.500 refugiados e migrantes, segundo dados da polícia divulgados pela agência de notícias Hina.

Os refugiados entram no leste da Croácia através da Sérvia, outro país de trânsito da rota dos Balcãs, que começa na Grécia e atravessa também a Macedónia.

As autoridades croatas levam os refugiados de forma organizada até os postos de acolhimento e, daí, em autocarros e comboios até a fronteira com a Hungria, que por sua vez, transporta-os até a fronteira com a Áustria.

A cifra de entradas na Croácia foi no sábado um pouco menor que na sexta-feira, quando se registaram 10.000 de chegadas de refugiados.

Na Hungria, a polícia informou que intercetou, no sábado, 9.472 refugiados que entraram no país de maneira ilegal, na sua maioria cruzando a fronteira com a Croácia.

Na manhã de hoje já havia mais 5.000 refugiados a cruzar a fronteira da Hungria com a Áustria na localidade de Hegyeshalom, segundo informou a televisão pública M1.

Estes refugiados chegaram à fronteira em três comboios com 1.800 pessoas cada um.

Neste ano, o número de refugiados que entraram na Hungria procedentes de zonas de conflito no Médio Oriente supera os 250.000 e quase todos eles abandonaram o seu país em direção a países como a Alemanha e a Suécia.

Na Áustria, cerca de 12.000 refugiados entraram no país no sábado através da Hungria e ao redor de 13.000 passara a noite em alojamentos organizados pelas autoridades e pela Cruz Vermelha.

Lusa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo e 1/4 acredita que SIDA transmite-se pelos talheres
    1:42
  • Há mais um suspeito do massacre de Las Vegas 
    0:27

    Mundo

    Em outubro passado, Stephen Paddock abriu fogo sobre os espetadores de um concerto de música country, em Las Vegas, matando 58 pessoas e ferindo quase 500, no mais sangrento tiroteio da história norte-americana recente. A novidade é que a polícia federal dos EUA abriu uma investigação sobre um segundo suspeito no tiroteio. A Polícia Metropolitana disse que não há ainda um motivo para o tiroteio mas aponta como uma das possíveis razões o facto de Stephen Paddock ter perdido uma grande quantia de dinheiro. Os investigadores descobriram ainda que o atirador possuía pornografia infantil no seu computador.