sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

ONU prevê 700 mil migrantes na Europa este ano

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) prevê a chegada de 700 mil migrantes e refugiados à Europa, através do Mediterrâneo, durante este ano, antevendo que o número de chegadas deve manter-se igualmente elevado em 2016.

Muhammed Muheisen

"A resposta do ACNUR é agora baseada na suposição de que até 700 mil pessoas irão procurar segurança e proteção internacional na Europa em 2015", indicou a agência da ONU, num relatório hoje divulgado, no qual alertou para a necessidade de fundos adicionais.

No mesmo documento, a organização admitiu que em 2016 poderão ser registados "números ainda mais elevados".

O porta-voz do ACNUR, Adrian Edwards, citado pela agência francesa AFP, confirmou que estes números referem-se especificamente às pessoas que procuram refúgio na Europa através da rota do Mediterrâneo.

Neste novo apelo de fundos, a agência das Nações Unidas destacou o facto de que a nova previsão representa o dobro da anterior estimativa prevista para este ano (350 mil chegadas).

Desde 01 de janeiro, um total de 520.957 chegadas, via Mediterrâneo, foram registadas, incluindo 387.520 na Grécia e 131.000 em Itália, segundo os últimos dados fornecidos pelo ACNUR.

Deste número total, 18% são crianças e 13% são mulheres.

No relatório hoje divulgado, intitulado "Iniciativa especial do Mediterrâneo", a agência da ONU defendeu um plano para uma resposta de urgência face ao atual afluxo de migrantes.

Para tal operação, o ACNUR pediu um financiamento suplementar de 70 milhões de euros. Este valor será associado ao primeiro apelo de fundos lançado no passado dia 08 de setembro.

No total, o ACNUR espera recolher para esta operação cerca de 114 milhões de euros.

Estes fundos irão abranger as ações realizadas entre junho de 2015 e dezembro de 2016.

No mesmo documento, o ACNUR afirmou que este plano apresenta três grandes objetivos, nomeadamente "salvar vidas e responder às necessidades humanitárias nos pontos de trânsito, no primeiro país de chegada, e de destino".

A agência das Nações Unidas também pretende "reforçar os sistemas de proteção, aumentando as capacidades no Corno de África, no norte de África e na Europa".

O terceiro objetivo passa, segundo a organização internacional, "reforçar a disponibilidade de segurança e as soluções nas regiões onde os refugiados encontram pela primeira vez a segurança".

O ACNUR procura ainda melhorar o acolhimento das pessoas, não só na Europa mas também nos primeiros países a que chegam após terem saído dos respetivos países de origem, incluindo os cidadãos sírios que estão refugiados nos países vizinhos da Síria (Líbano, Turquia e Jordânia).

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC