sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Hungria interceta quase 17 mil refugiados no fim de semana

As autoridades húngaras intercetaram 16.878 refugiados que entraram ilegalmente no país entre sexta-feira e domingo, elevando para mais de 300.000 o número de aspirantes a um pedido de asilo, indicou hoje a polícia húngara.

Reuters

A grande maioria dos refugiados que chegou ao longo do fim de semana entrou pela Croácia, país que está a receber diariamente entre 5.000 a 7.000 pessoas que, na sua grande maioria, fogem dos conflitos na Síria, Iraque e Afeganistão e que pretendem chegar a países como a Áustria ou Alemanha, onde esperam obter asilo.

Após a Hungria ter encerrado a fronteira com a Sérvia, em meados de setembro, os refugiados oriundos do Médio Oriente modificaram a rota de entrada na Europa, via Croácia.

O Governo húngaro, do conservador Viktor Urban, está já a construir um novo muro na fronteira com a Croácia, com o mesmo objetivo, o de pôr cobro à entrada de refugiados no país.

Para os próximos dias aguarda-se que os chefes de Estado e de Governo dos países vizinhos da Hungria se reúnam para analisar a situação.

Nas últimas semanas, as relações diplomáticas entre os Estados da região deterioraram-se, com Budapeste a acusar Zagreb de não registar os refugiados, enquanto as autoridades croatas criticam a Hungria por construir um muro na fronteira comum.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.