sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Frontex pede aos Estados-membros mais 775 guardas fronteiriços

A agência europeia de gestão de fronteiras, Frontex, solicitou aos Estados-membros que destaquem mais 775 guardas fronteiriços para as fronteiras externas da União Europeia, o que representa o pedido de maiores dimensões da história do organismo.

Reuters

Num comunicado hoje divulgado, a Frontex assinala que, "desde o início do ano, mais de 470 mil imigrantes chegaram a Grécia e Itália" e "nenhum país pode gerir sozinho uma tal pressão migratória nas suas fronteiras".

Sublinhando que é "crucial que todos aqueles que chegam à UE sejam devidamente registados e identificados", a agência apela então ao contributo dos Estados-membros e solicita que 670 agentes a serem destacados para Grécia e Itália, entre os quais intérpretes, cuja missão será identificar e registar os refugiados que chegam sobretudo através da Líbia e Turquia, além de 150 agentes a serem destacados para diversas fronteiras externas terrestes da União Europeia.

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.