sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 710 mil imigrantes chegaram à UE entre janeiro e setembro

Mais de 710 mil imigrantes entraram na União Europeia nos primeiros nove meses deste ano, contra um total de 282 mil em todo o ano transato, anunciou hoje a Frontex, a agência europeia de gestão de fronteiras.

Refugiados rezam ao chegar à ilha de Lesbos após atravessarem o mar Egeu. As ilhas gregas no mar Egeu, especialmente Lesbos, continuam a ser as mais afetadas pelo fluxo migratório.

Refugiados rezam ao chegar à ilha de Lesbos após atravessarem o mar Egeu. As ilhas gregas no mar Egeu, especialmente Lesbos, continuam a ser as mais afetadas pelo fluxo migratório.

Em comunicado, a Frontex assinala que as ilhas gregas no mar Egeu, especialmente Lesbos, continuam a ser as mais afetadas pelo fluxo migratório sem precedentes, tendo recebido entre janeiro e setembro cerca de 350 mil imigrantes, continuando a Síria a ser o principal país de origem dos imigrantes.

A chegada em massa de imigrantes às ilhas gregas, observa a agência, continua também a ter um impacto direto na rota dos Balcãs Ocidentais, tendo a Hungria reportado mais de 204 mil detenções nas suas fronteiras, um número 13 vezes superior ao mesmo período em 2014.

A agência aponta que em setembro foi detetada nas fronteiras externas da União a chegada de 170 mil pessoas, contra 190 mil em agosto, explicando a Frontex que uma crescente carência de barcos na Líbia e o agravamento das condições meteorológicas levaram a que o número de imigrantes que chegaram a Itália tenha caído para metade em setembro, para 12 mil, comparativamente a agosto.

A Frontex insiste que "é necessária assistência de emergência, sobretudo para Grécia e Itália, para ajudar a registar e identificar os recém-chegados".

"No início do mês, solicitei aos países da UE que disponibilizem à Frontex mais guardas fronteiriços que possam assistir estes dois países a lidar com este fluxo migratório sem precedentes. Espero que recebamos contributos adequados, que demonstrem o verdadeiro espírito de solidariedade europeia", declarou o diretor-executivo da agência, Fabrice Leggeri.

Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.