sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ban Ki-moon diz que não existem duas categorias de migrantes

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, declarou hoje que "não existem duas categorias", imigrantes ou deslocados, mas apenas "pessoas que precisam de ajuda", dirigindo-se aos deputados do parlamento de Itália.

Kevin Hagen

"Na migração forçada não existem duas categorias, os que merecem (assistência) ou não. Existem apenas pessoas que precisam de ajuda. Todos os migrantes devem beneficiar de proteção", assinalou, numa cerimónia a propósito do 60.º aniversário da adesão de Itália à ONU.

"Itália soube dar uma resposta corajosa e profundamente humana à maior crise migratória desde o final da Segunda Guerra Mundial", disse Ban Ki-moon, agradecendo a quem se esforça para acolher os migrantes.

Devido à sua situação geográfica, Itália regista um elevado fluxo de migrantes, a maioria dos quais atravessa o Mediterrâneo a partir das costas da Líbia.

Na cerimónia participaram também o presidente italiano, Sergio Mattarella, e o primeiro-ministro, Matteo Renzi, que assinalou que "Itália precisa da ONU, mas esta também precisa da Itália, do seu coração, da sua generosidade e da sua paixão".

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    Em atualização

    SIC

  • Portugal perde 22 mil empregos por ano por causa da pirataria
    1:52

    País

    Todos os anos, Portugal perde cerca de mil milhões de euros e mais de 22 mil empregos por causa à pirataria. Hoje assinala-se o dia mundial da propriedade intelectual. Uma área que diz respeito a todas as formas de arte e, entre outras, ao jornalismo.