sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Quatro mortos após colisão entre patrulha grega e embarcação de migrantes na Grécia

Quatro migrantes, uma mulher e três crianças, morreram hoje e quatro outros estão desaparecidos devido ao naufrágio da sua embarcação após chocar com uma patrulha da guarda costeira grega ao largo da ilha de Lesbos, indicaram as autoridades gregas.

© Giorgos Moutafis / Reuters

Os corpos das quatro vítimas foram recuperados na sequência de buscas na zona por parte de duas patrulhas gregas, assistidas por um navio português e por um helicóptero da Frontex, a agência europeia de vigilância das fronteiras.

O desaparecimento das oito pessoas no naufrágio foi assinalado pelos 31 resgatados.

As buscas pelos desaparecidos continuam e um inquérito deve determinar as circunstâncias da colisão entre o navio grego, com 30 metros de cumprimento, e a embarcação em madeira dos migrantes, ao largo da localidade de Molyvos, no norte de Lesbos, informou o Ministério da Marinha Mercante grego.

O balanço dos migrantes afogados no mar Egeu quando tentam chegar à Grécia a partir da Turquia não tem deixado de aumentar.

De acordo com os últimos números da Organização Internacional para as Migrações, mais de 606.000 migrantes atravessaram o Mediterrâneo para chegar à Europa desde janeiro e mais de 3.000 morreram durante a travessia.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.