sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

"Portugal solidário" em dez cidades no dia 25

Dez cidades portuguesas são palco, no dia 25, de "Portugal solidário", uma iniciativa que contempla a realização em simultâneo de dez concertos, com a receita das bilheteiras a reverter, na totalidade, para dois organismos que apoiam refugiados.

Sónia Tavares & Nuno Gonçalves, dos The Gift, Helder Moutinho, António Victorino d'Almeida, Tiago Bettencourt, Viviane, Ala dos Namorados, Tito Paris, Carlos Guilherme, Mísia, Maria João e Mário Laginha, Ricardo Ribeiro, Vitorino, Mafalda Arnauth, Zeca Medeiros e Rita Redshoes são alguns dos artistas que aderiram à iniciativa, de forma "absolutamente desinteressada", segundo uma nota da organização.

Promovida por jovens de escolas de música, sob o lema "Portugal Solidário", a iniciativa mobiliza solistas, instrumentalistas, coros e orquestras para uma iniciativa a realizar no continente, nos Açores e na Madeira, e cujas receitas de bilheteira serão doadas, na íntegra, ao Conselho Português para os Refugiados (CPR) e à Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR).

Faro (Teatro das Figuras), Elvas (Cine-Teatro), Lisboa (Aula Magna), Coimbra (Teatro Académico Gil Vicente), Covilhã (Teatro Municipal), Espinho (Auditório -- Academia de Música), Lamego (Teatro Ribeiro Conceição), Bragança (Teatro Municipal), Funchal (Teatro Baltazar Dias) e Ponta Delgada (Portas do Mar) são as cidades onde decorrerão os concertos, cujo bilhete de ingresso custa dez euros.

Através dos contactos das escolas de música, foi também criada uma rede para recolha de vestuário, calçado e mantimentos, que serão enviados para os centros de acolhimento e registo dos refugiados, na Croácia, Eslovénia e Hungria, em articulação com a Cruz Vermelha.

No dia dos concertos, os auditórios onde estes vão realizar-se servirão também como centros de recolha de bens e alimentos.

"Consciencializar as pessoas para a dimensão da catástrofe humana dos refugiados" e refletir sobre a "grande crise de valores" que a Europa atravessa, sem que possa "ficar indiferente" à situação, são, segundo a organização, objetivos da iniciativa.

Para angariar verbas para os refugiados realizam-se também, este domingo, em Lisboa, dois concertos, e, no dia 25, no Porto, outros dois.

As verbas provenientes da receita de bilheteira dos de Lisboa reverterão para a PAR, as dos do Porto para o CPR.

Em Lisboa, no domingo, os concertos realizam-se na Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) e no espaço Music Box, onde decorrerá uma festa solidária de boas vindas aos refugiados, com atuações dos For the glory, Easyway, Viralata, xGAEAx, Artigo 21, Shape e F.P.M.

A iniciativa conta com a participação de Shahd Wadi, ativista dos direitos humanos e do povo palestiniano e membro do Comité de Solidariedade com a Palestina, e de Rodrigo Rivera, do SOS Racismo.

Na Gulbenkian, o concerto realiza-se no Grande Auditório, os bilhetes vão custar de 15 a 30 euros, e o solista, o músico Pavel Gomziakov, vai interpretar o violoncelo Stradivarius Chevillars, com 290 anos, classificado como tesouro nacional.

Este violoncelo é uma das jóias da coroa do espólio do Museu da Música, pertenceu ao rei D. Luís I (1838-1889) e é o único instrumento em Portugal com a assinatura do construtor António Stradivari (1644-1737).

No dia 25, no Porto, na Casa da Música, o coro residente interpretará composições de Claude Debussy, Paul Hindemith, Elliott Carter, Bernd Frank e Maurice Ravel, enquanto no Hard Club Porto, os Blind Zero, Helena Sarmento e Mundo Secreto, figuram da lista de músicos que atuam no "bomPorto -- concerto pelos refugiados".

As receitas destes dois concertos vão reverter para o CPR.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • FC Porto acusa Benfica de recorrer a serviços de "bruxaria"
    2:34

    Desporto

    Francisco J. Marques acusou o Benfica de recorrer a "bruxaria". O diretor de comunicação do FC Porto revelou uma troca de e-mails entre Luís Filipe Vieira e Armando Nhaga, suposto comissário nacional da polícia da Guiné-Bissau com a celebração de um contrato de prestação de serviços.

  • Francisco J. Marques promete continuar a revelar e-mails
    2:11

    Desporto

    Francisco J. Marques diz que a Polícia Judiciária sabe como o Futebol Clube do Porto teve acesso aos e-mails e desafia o Benfica a revelar os originais. O diretor de comunicação do clube portista revelou ainda que irá continuar a divulgar e-mails, já que isso não é incompatível com o segredo de Justiça.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.