sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

"Portugal solidário" em dez cidades portuguesas para ajudar refugiados

Dez cidades portuguesas são palco, no domingo, de outros tantos concertos, no âmbito da iniciativa "Portugal solidário", cuja receita de bilheteira reverte para a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) e para o Conselho Português para os Refugiados (CPR).

© Dado Ruvic / Reuters

Promovida por jovens de escolas de música locais, a "Portugal solidário" reúne instrumentalistas, solistas, coros e orquestras, e vai decorrer no continente, Açores e Madeira, segundo os organizadores.

Sónia Tavares e Nuno Gonçalves, Helder Moutinho, António Victorino d'Almeida, Tiago Bettencourt, Viviane, Ala dos Namorados, Tito Paris, Carlos Guilherme, Mísia, Maria João e Mário Laginha, Ricardo Ribeiro, Vitorino, Mafalda Arnauth, Zeca Medeiros e Rita Redshoes são alguns dos artistas que aderiram à iniciativa de forma "absolutamente desinteressada", acrescenta a organização.

Faro (Teatro das Figuras), Elvas (Cine-Teatro), Lisboa (Aula Magna), Coimbra (Teatro Académico Gil Vicente), Covilhã (Teatro Municipal), Espinho (Auditório - Academia de Música), Lamego (Teatro Ribeiro Conceição), Bragança (Teatro Municipal), Funchal (Teatro Baltazar Dias) e Ponta Delgada (Portas do Mar) são as cidades onde decorrerão os concertos, que têm um custo de ingresso de dez euros.

"Consciencializar as pessoas para a dimensão da catástrofe humana dos refugiados" e refletir sobre a "grande crise de valores" que a Europa atravessa, sem que possa "ficar indiferente" à situação, são, segundo a organização, objetivos da iniciativa.

Através dos contactos das escolas de música foi também criada uma rede para recolha de vestuário, calçado e mantimentos, a enviar para os centros de acolhimento e registo dos refugiados na zona da Croácia, Eslovénia, Hungria, em articulação com a Cruz Vermelha, segundo a organização.

No domingo, nos auditórios onde vão decorrer os concertos, serão também recolhidos bens e alimentos.

Também no domingo, no Porto, a Casa da Música e o Hard Club serão palco de dois concertos cujas receitas de bilheteira vão reverter para o CPR.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.