sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Refugiados são outro lado da globalização, diz Angela Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, considerou hoje que o afluxo de requerentes de asilo na Alemanha é outra manifestação da globalização, da qual o seu país beneficiou largamente quando se tratou de conquistar novos mercados de exportação.

Reuters

Reuters

© Fabrizio Bensch / Reuters

"A vossa experiência da globalização até agora era: a nossa economia vai para outros países, instala fábricas, vende produtos e o balanço é positivo para o emprego na Alemanha e para as nossas empresas", declarou Merkel no congresso do sindicato IG Metall em Frankfurt (oeste).

A primeira economia europeia, durante muito tempo campeã do mundo do comércio externo, exporta mais de 100 mil milhões de euros mensalmente e durante décadas foi isso que impulsionou o seu crescimento.

"Agora assistimos a um movimento inverso: é a globalização que vem até nós", adiantou a chanceler, que abriu a porta a centenas de milhares de refugiados que chegam à Europa.

"O que pensaríamos estar longe", por exemplo a guerra que devasta a Síria ou o caos em que a Líbia mergulhou, "torna-se concreto para nós sob a forma de refugiados, devemos aprender a gerir isso", defendeu.

Merkel insistiu que a Alemanha deve "aceitar um certo grau de imigração legal". Ainda que a chegada em massa de migrantes coloque a Europa e a Alemanha perante "grandes desafios".

"Para mim, é óbvio dizer 'vamos conseguir'", disse ainda.

A Alemanha calcula receber este ano pelo menos 800.000 requerentes de asilo.

Lusa

  • Encontrada criança britânica desaparecida na praia da Luz

    País

    Foi encontrada a criança britânica que estava desaparecida desde o início da tarde, avançaram as autoridades. A Polícia Marítima tinha sido informada do desaparecimento de um rapaz de 8 anos, de nacionalidade inglesa, tendo efetuado diligências nas proximidades da praia algarvia.

    Em atualização

  • Marcelo pede "serenidade e cabeça fria" no debate político
    1:29
  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.

  • Várias casas evacuadas devido a chuvas fortes na Alemanha
    0:54
  • Liberdade de movimento entre UE e Reino Unido termina em março de 2019

    Brexit

    A liberdade dos cidadãos europeus para viver e trabalhar no Reino Unido vai terminar, em março de 2019. O Governo britânico pediu esta quarta-feira um estudo de um ano sobre a migração europeia no país, de modo a ajudar no sistema de imigração que será implementado. A avaliação vai estar concluída em setembro, de 2018, seis meses antes da conclusão do Brexit.