sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ministra austríaca pede reforço da segurança nas fronteiras externas da União Europeia

A ministra do Interior da Áustria, Johanna Mikl-Leitner, pediu hoje o reforço da segurança nas fronteiras externas da União Europeia (UE) e a construção de uma "Fortaleza Europa" face ao fluxo em massa de refugiados.

Daniel Karmann

"Temos que construir uma `Fortaleza Europa´", disse a política democrata-cristã, na localidade austríaca de Spielfeld, na fronteira com a Eslovénia, onde visitou um local de acolhimento de refugiados, juntamente com o ministro da Defesa, o social-democrata Gerald Klug, informou hoje a agência de notícias austríaca APA.

Segundo a APA, é a primeira vez que alguém dá uma conotação positiva ao termo "Fortaleza Europa", ao usá-lo para definir uma meta a alcançar.

A origem do termo vem da época da II Guerra Mundial, quando era usada para se referir às zonas ocupadas pelo regime nazi, e logo foi convertida pelos meios de comunicação numa definição crítica da política da UE de endurecer a restrição à entrada dos migrantes e refugiados.

Além do fortalecimento das fronteiras, Mikl-Leitner sublinhou a necessidade de se estabelecer "hotspots" -- centros de acolhimento e registo de migrantes nos países comunitários com fronteiras externas - e de dividir os aspirantes a asilo por toda a UE e advertiu que , se não for melhorada a defesa das fronteiras exteriores, não será possível controlar a situação a médio prazo.

A ministra declarou que na fronteira de Spielfeld é esperada a chegada de cerca de 10 mil refugiados da Eslovénia na tarde e noite de hoje, o que requererá o apoio de pelo menos 900 polícias e soldados.

No entanto, disse que não é possível deter unicamente com medidas policiais milhares de pessoas que fogem de conflitos violentos em países como a Síria, Afeganistão, Iraque e Eritreia e que buscam um lugar seguro para viver na Europa.

Desde 5 de setembro passado, quando começou a entrada de dezenas de milhares de refugiados no país, a Áustria mantém uma política de portas abertas para estas pessoas, que usam o seu território para alcançar a Alemanha.

Como apenas uma minoria dos refugiados pedem asilo à Áustria, o chanceler austríaco, Werner Faymann, coordenou-se com a sua homóloga alemã, Angela Merkel, para dar passagem aos refugiados pelo seu país.

No final de setembro, com o reforço dos controles de fronteira entre a Alemanha e a Áustria, também os austríacos ordenaram um maior controlo nas fronteiras com a Eslovénia e Hungria, mas sem chegar a proibir a entrada dos migrantes.

Nem a Alemanha e nem a Áustria tem fronteiras externas na UE.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.