sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Juncker ralha com Estados membros por não cumprirem promessa de ajuda

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, criticou hoje os Estados-membros por não cumprirem as suas promessa de ajuda humanitária para ajudar a resolver a designada crise dos migrantes, salientando a "urgência" daquela ajuda.

© Juan Medina / Reuters

"A crise dos migrantes que estamos a viver não vai estar terminada no Natal, é uma crise que vai durar e é precisa uma ação de longo prazo", afirmou, durante uma reunião de partidos conservadores europeus em Madrid.

Os Estados-membros da União Europeia comprometeram-se com contribuições financeiras num total de 2,3 mil milhões de euros, mas até agora só entregaram 275 milhões de euros.

"Não vemos escrever poemas ou fazer promessas, vamos agir, porque há urgência. Temos de estar conscientes das nossas responsabilidades", disse Juncker.

Está a aparecer uma linha divisória entre governos europeus, com uns a verem a crise, antes de tudo, como uma questão de segurança, que exige uma ação forte no controlo das fronteiras europeias, a redução do fluxo de migrantes, o repatriamento dos que não têm direito a asilo e pagar a Estados terceiros, se for preciso, para que fiquem com os migrantes ou os mantenham afastados da Europa, e outros a considerarem o problema, antes de mais, como uma questão humanitária.

Lusa

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.