sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Primeiro voo de recolocação de refugiados desde a Grécia na quarta-feira

O primeiro voo de recolocação de refugiados desde a Grécia decorrerá na quarta-feira com destino ao Luxemburgo, informou esta terça-feira a Comissão Europeia, precisando que viajarão 30 pessoas.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

© Antonio Bronic / Reuters

A presenciar esta deslocação desde Atenas estarão o comissário responsável pelas migrações, Dimitris Avramopoulos, o ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês, Jean Asselborn, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

Avramopoulos lembrou que mais de 600 mil pessoas chegaram à Grécia este ano, pelo que a recolocação na quarta-feira será um "momento simbólico", além de um "primeiro passo crucial num processo que terá que ser sistemático".

"É altura de aumentar a velocidade, de ter todos os 'hotspots' (equipas de registo de refugiados) em pleno funcionamento e tornar as recolocações um acontecimento regular", acrescentou o responsável, instando os Estados-membros a tomarem as medidas necessárias para acelerar o processo.

O contacto entre os responsáveis políticos e os refugiados está previsto para as 06:45 de Lisboa.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

O primeiro voo de recolocação ocorreu a 09 de outubro quando 19 eritreus viajaram de Itália para Suécia, seguindo-se a transferência, no mesmo percurso, de outros 19 cidadãos da Eritreia e da Síria, a 21 de outubro. No mesmo dia, seguiram 48 pessoas de Itália para a Finlândia.

Na semana passada, a Comissão Europeia previu que os próximos países a receber pessoas deverão ser França e Espanha.

Portugal comprometeu-se a receber cerca de 4.500 refugiados.

O executivo da União Europeia informou ainda ter desbloqueado um financiamento adicional de dois milhões de euros para o Alto- Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados apoiar os refugiados da rota dos Balcãs.

Com este dinheiro, incluído num pacote de 17 milhões de euros anunciado no início de outubro, 200 mil pessoas vão receber roupa de aquecimento, proteção e abrigo temporário.

Para ajuda de deslocados dentro da Síria foram destinados 62 milhões de euros, acrescentou hoje a Comissão Europeia, que já tinha anunciado apoios humanitários de 43 milhões de euros para o Líbano e 28 milhões de euros para a Jordânia.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.