sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Primeiro voo de recolocação de refugiados desde a Grécia na quarta-feira

O primeiro voo de recolocação de refugiados desde a Grécia decorrerá na quarta-feira com destino ao Luxemburgo, informou esta terça-feira a Comissão Europeia, precisando que viajarão 30 pessoas.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

© Antonio Bronic / Reuters

A presenciar esta deslocação desde Atenas estarão o comissário responsável pelas migrações, Dimitris Avramopoulos, o ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês, Jean Asselborn, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

Avramopoulos lembrou que mais de 600 mil pessoas chegaram à Grécia este ano, pelo que a recolocação na quarta-feira será um "momento simbólico", além de um "primeiro passo crucial num processo que terá que ser sistemático".

"É altura de aumentar a velocidade, de ter todos os 'hotspots' (equipas de registo de refugiados) em pleno funcionamento e tornar as recolocações um acontecimento regular", acrescentou o responsável, instando os Estados-membros a tomarem as medidas necessárias para acelerar o processo.

O contacto entre os responsáveis políticos e os refugiados está previsto para as 06:45 de Lisboa.

Os 28 Estados-membros concordaram em recolocar 160 mil pessoas, num período de dois anos e com base num orçamento comunitário de 780 milhões de euros.

O primeiro voo de recolocação ocorreu a 09 de outubro quando 19 eritreus viajaram de Itália para Suécia, seguindo-se a transferência, no mesmo percurso, de outros 19 cidadãos da Eritreia e da Síria, a 21 de outubro. No mesmo dia, seguiram 48 pessoas de Itália para a Finlândia.

Na semana passada, a Comissão Europeia previu que os próximos países a receber pessoas deverão ser França e Espanha.

Portugal comprometeu-se a receber cerca de 4.500 refugiados.

O executivo da União Europeia informou ainda ter desbloqueado um financiamento adicional de dois milhões de euros para o Alto- Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados apoiar os refugiados da rota dos Balcãs.

Com este dinheiro, incluído num pacote de 17 milhões de euros anunciado no início de outubro, 200 mil pessoas vão receber roupa de aquecimento, proteção e abrigo temporário.

Para ajuda de deslocados dentro da Síria foram destinados 62 milhões de euros, acrescentou hoje a Comissão Europeia, que já tinha anunciado apoios humanitários de 43 milhões de euros para o Líbano e 28 milhões de euros para a Jordânia.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.