sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Marine Le Pen defende erradicação da "imigração bacteriana"

A dirigente de extrema-direita francesa Marine Le Pen provocou na terça-feira indignação com a proposta de um programa para "erradicar a imigração bacteriana".

© Robert Pratta / Reuters

A proposta da líder da Frente Nacional (FN) foi revelada pelo jornal La Voix du Nord, de cariz local, numa secção especial dedicada aos programas eleitorais das nove listas concorrentes às eleições regionais.

No programa eleitoral, na parte dedicada à saúde, Marine Le Pen, candidata da FN, a quem as sondagens dão a vitória, manifesta intenção de "denunciar e erradicar toda a imigração bacteriana".

"Os hospitais são confrontados com a presença alarmante de doenças contagiosas não europeias relacionadas com os fluxos migratórios. Nós recusamo-nos a pôr em perigo a saúde dos nossos compatriotas", disse.

A Liga dos Direitos Humanos francesa acusou a Frente Nacional de "assumir posições abertamente racistas" e todos os adversários políticos repudiaram a declaração de Marine Le Pen.

Questionada pela agência noticiosa AFP, o responsável pela imprensa da campanha da Frente Nacional, Sébastien Chenu, considerou que houve um "deslize", acrescentando que a versão oficial do programa vai ser divulgada no sábado.

Lusa

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01