sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

União Europeia e Etiópia assinam agenda comum nas áreas da migração e mobilidade

A União Europeia (UE) e a Etiópia assinaram hoje uma declaração para uma agenda comum nas áreas da migração e mobilidade e um compromisso para cooperarem, informou a Comissão Europeia.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Feisal Omar / Reuters

O documento, lê-se na informação do executivo de Bruxelas, reflete a "importância da Etiópia como país de origem e trânsito" para pessoas provenientes do Corno de África e que se encaminham para a Europa.

Esta agenda comum foi assinada por Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, Federica Mogherini, chefe da diplomacia europeia, Jean Asselborn, ministro luxemburguês dos Negócios Estrangeiros, e Hailemariam Dessalegn, primeiro-ministro da Etiópia.

Juncker lembrou que a Etiópia acolhe mais de 733 mil refugiados.

O financiamento para atividades concretas inseridas na agenda comum deverá sair do Fundo de Emergência de 1,8 mil milhões de euros que será oficializado durante a cimeira euro-africana sobre migrações, que decorre até quinta-feira em Malta.

Da reunião que junta os 28 estados-membros da UE e mais de 30 países africanos, além de agências de segurança e da ONU e representantes da sociedade civil, deverão sair uma declaração política e um plano de ação.

Portugal está representado na cimeira pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete.

O presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau, Suzy Barbosa, participam também nos trabalhos.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.