sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal contribui com 250 mil euros para fundo de emergência da UE para África

Portugal vai contribuir com 250 mil euros para o fundo de mais de 1,8 mil milhões de euros de apoio de emergência da União Europa (UE) a África, no contexto da crise dos refugiados.

(Arquivo)

(Arquivo)

© BORJA SUAREZ / Reuters

Aos 1,8 mil milhões que a Comissão Europeia já tinha anunciado para este fundo juntaram-se as contribuições de vários países europeus, incluindo não-membros da UE, como a Suíça e a Noruega.

Com a assinatura do ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, Portugal comprometeu-se a doar 250 mil euros, numa lista de países doadores encabeçada pela Holanda, que contribuirá com 15 milhões de euros.

Os 1,8 mil milhões de euros da Comissão Europeia provêm do orçamento comunitário e do Fundo Europeu de Desenvolvimento, com os países a avançarem com 78,2 milhões de euros, podendo-se seguir mais contribuições.

Este apoio europeu foi denominado como "Fundo de Emergência de Apoio para a estabilidade e para combater as causas profundas da migração irregular e deslocados em África".

Itália e Alemanha contribuirão com 10 milhões de euros, cada um, seguindo-se a Finlândia, com cinco milhões, e a Suíça, com 4,6 milhões de euros.

A Croácia, o Chipre e a Grécia ficaram de fora deste compromisso, enquanto com menores participações, 50 mil euros, estão Bulgária, Lituânia, Letónia e Eslovénia. O país anfitrião da cimeira, Malta, contribuirá com 250 mil euros.

O fundo destina-se à região Sahel (Burkina Faso, Camarões, Chade, Gâmbia, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria, Senegal), aos países do Corno de África (Djibouti, Eritreia, Etiópia, Quénia, Somália, Sudão do Sul, Sudão, Tanzânia e Uganda) e ao Norte de África (Marrocos, Tunísia, Líbia e Egito).

Outros países vizinhos podem ser elegíveis para receber dinheiro.

A oficialização do apoio financeiro aconteceu esta manhã no segundo e último dia da cimeira euro-africana sobre migrações, a decorrer em Malta.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC