sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ban Ki-moon propõe cimeira para aprovar pacto global sobre refugiados

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, propôs hoje a realização de uma cimeira para analisar os desafios relacionados com o enorme fluxo de migrantes e refugiados, motivados pelos conflitos armados no Médio Oriente e Líbia.

Reuters

Reuters

© Pierre Albouy / Reuters

A cimeira deveria decorrer em 2016, na véspera do debate geral de alto nível da Assembleia geral da ONU, que tradicionalmente decorre em setembro.

"Necessitamos de um novo pacto global sobre a partilha de responsabilidades. Isso poderia ajudar a prevenir a futura desestabilização das nações e de regiões inteiras", afirmou o secretário-geral da ONU.

Ban apresentou a sua proposta durante uma sessão da Assembleia Geral destinada a analisar o fluxo de refugiados no Mediterrâneo provocado pelos conflitos armados na Síria e Líbia, e pelo avanço de diversos grupos 'jihadistas' no Médio Oriente.

No mais recente debate geral de alto nível da Assembleia Geral da ONU, que decorreu entre finais de setembro e inícios de outubro, foi celebrada uma cimeira sobre os novos desafios do desenvolvimento, enquanto em 2014 o tema eleito relacionou-se com as alterações climáticas.

Ban pediu aos países representados na ONU para apoiarem a sua proposta de realização desta cimeira e reforcem a vontade política necessária para definir uma resposta que contemple as leis humanitárias, sobre direitos humanos e sobre refugiados.

Na mesma sessão, o titular do Alto comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), o português António Guterres, recordou que o número de pessoas que escapam ao conflito sírio aumentou consideravelmente nas últimas semanas.

Apenas na Grécia, referiu, regista-se uma média de 5.000 pessoas por dia.

Este fluxo de migrantes está a ocasionar problemas nos países vizinhos, como no Líbano e Jordânia, onde aumenta o número de pessoas que vivem no limitar da pobreza.

Na sessão também interveio o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, o país que desde o início do conflito em 2011 recebeu mais refugiados sírios, com uma grande parte a procurar uma rota em direção à Europa.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.