sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Um milhão de migrantes chegaram à Europa em 2015

Um milhão de migrantes e refugiados entraram na Europa desde janeiro de 2015, anunciou hoje a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR). É o fluxo migratório mais elevado desde a IIª Guerra Mundial.

Imigrante ilegal reza após ser salvo de naufrágio no Mediterrâneo.

Imigrante ilegal reza após ser salvo de naufrágio no Mediterrâneo.

© Ismail Zetouni / Reuters

"A 21 de dezembro [de 2015], 972 mil [pessoas] atravessaram o mar Mediterrâneo, de acordo com os números do ACNUR. Alem disso, a OIM estima que mais de 34 mil passaram pela Bulgária e Grécia depois de atravessarem a Turquia", indicam as duas organizações em comunicado conjunto.

"O total representa o fluxo migratório mais elevado desde a IIª Guerra Mundial" na Europa. Em 2014, 219 mil refugiados e migrantes atravessaram o Mediterrâneo para a Europa.

Na travessia do mar morreram quase 3.700 pessoas.

Entre o milhão de pessoas que chegaram este ano à Europa "uma em duas - meio milhão de pessoas - eram sírios a fugir da guerra no seu país", revelam as organizações. Os afegãos representam 20% e os iraquianos 7%.

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC