sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Alemanha recruta 8500 professores para ensinar crianças refugiadas

A Alemanha contratou 8500 professores para ensinar a língua alemã a crianças refugiadas, perante a entrada de milhares de refugiados no país.

A Alemanha e a Suécia são os dois principais recetores de migrantes.

A Alemanha e a Suécia são os dois principais recetores de migrantes.

© Fabrizio Bensch / Reuters

Por via da maior vaga de migrantes na Europa, este ano entraram na Alemanha 325 mil crianças em idade escolar, das quais 196 mil entraram no sistema educativo.

De acordo com a edição do jornal Die Welt, para fazer face às necessidades educativas das crianças refugiadas, foram criadas mais de oito mil turmas e contratados 8.500 professores em todo o país. No entanto, o número poderá chegar aos 20.000 educadores a serem requisitados.

"A administração escolar e educativa nunca tinha sido confrontada com um desafio desta dimensão. Temos de aceitar que esta situação de exceção será a regra por muito tempo", afirmou ao Die Welt Brunhild Kurth, responsável do conselho de Educação, que agrupa os representantes dos diferentes Estados-região da Alemanha.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.