sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Corpos de 21 pessoas encontrados em praias turcas

As autoridades turcas encontraram hoje os corpos de 21 migrantes, entre os quais três crianças, no litoral do país. Terão morrido afogados quando o barco onde seguiam tentava chegar à iha de Lesbos, na Grécia, avança a agência Reuters.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

A guarda costeira turca e a polícia continuam as buscas por mais vítimas, depois de terem conseguido salvar oito das pessoas que seguiam numa das embarcações.

Os corpos foram encontrados em dois locais distintos. Numa das praias em Ayvalik estavam onze cadáveres, outros dez foram descobertos em Dikili, segundo as autoridades turcas.

Os migrantes, cuja nacionalidade é ainda desconhecida, naufragaram devido ao mau tempo, pouco depois de terem partido da região de Dikili, na Turquia, segundo informaram as autoridades, citadas pela Dogan.

Os corpos foram encontrados numa praia no distrito de Ayvalik, a poucas milhas da ilha grega de Lesbos.

Segundo a Organização Internacional de Migrações, cerca de 700 pessoas, a maioria refugiados que fogem dos conflitos na Síria e no Iraque, morreram ou desapareceram no ano passado ao tentarem atravessar o mar Egeu com o objetivo de chegarem à Grécia, porta de entrada na União Europeia.

EM ATUALIZAÇÃO/Com Lusa

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05