sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

PM húngaro defende nova barreira na fronteira norte da Grécia

O primeiro-ministro húngaro disse, esta manhã, que a União Europeia deve estabelecer uma nova barreira no norte da Grécia porque um acordo com a Turquia não será suficiente para travar os migrantes e refugiados que tentam entrar na europa diariamente.

Viktor Orban, primeiro-ministro húngaro (Arquivo)

Viktor Orban, primeiro-ministro húngaro (Arquivo)

© Laszlo Balogh / Reuters

Numa entrevista à rádio pública húngara, Viktor Orban diz que a Bulgária devia ser integrada na zona Schengen ao mesmo tempo que à Macedónia devia ser dado apoio financeiro e outras formas de assistência para lidar com a entrada de migrantes no país.

Em outubro do ano passado, as autoridades turcas juntamente com a União Europeia implementaram um plano de ação em que prometeram um melhor controlo das fronteiras terrestres e marítimas. A Hungria ergueu uma barreira na fronteira sul do país, em setembro do ano passado, para deter o fluxo migratório vindo da Croácia.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.