sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Petição sugere Nobel de Paz para habitantes das ilhas gregas que recebem refugiados

Uma petição criada na plataforma Avaaz, e que já recolheu mais de 216.000 assinaturas, está a sugerir que o próximo prémio Nobel da Paz seja atribuído às populações das ilhas gregas pela sua contribuição na ajuda à crise dos refugiados.

Voluntário grego ajuda um barco com refugiados a chegar à ilha de Lesbos.

Voluntário grego ajuda um barco com refugiados a chegar à ilha de Lesbos.

Santi Palacios / AP

"As populações das ilhas gregas do Mar Egeu (e muitas organizações com fins não-lucrativos de todo o mundo e os gregos na diáspora) fizeram e continuam a fazer todo o possível para ajudar os refugiados sírios e dar-lhes o conforto possível, embora eles próprios tenham pouco para oferecer e apesar de estarem submetidos há muitos anos a uma grave crise económica", refere a petição, com origem nos Estados Unidos.

O autor da iniciativa argumenta ainda que a população das ilhas gregas que tem ajudado os refugiados à chegada da perigosa travessia do Mar Egeu tem demonstrado "um exemplo de amor ao próximo, de entrega e respeito por pessoas que lhes são completamente estranhas", com um "contributo muito significativo para a paz e estabilidade no mundo".

A petição sugere que o Nobel da Paz seja entregue aos habitantes de Lesbos, Chios, Kos e outras ilhas por onde terão transitado em 2015 cerca de 800 mil pessoas, na larga maioria provenientes das regiões de conflito no Médio Oriente, Ásia e África.

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • O projeto pioneiro que apoia crianças com doenças incuráveis
    3:30

    País

    A única unidade de cuidados paliativos pediátricos do país situa-se em São Mamede de Infesta. Inaugurado há quase dois anos, pelo Kastelo, há passaram 68 crianças com doenças incuráveis. A instituição lançou agora uma campanha de donativos para construir um parque aquático.