sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Segundo grupo de refugiados deve chegar a Portugal no fim de janeiro

A nova diretora nacional do SEF, Luísa Maia Gonçalves, disse hoje que um segundo grupo de refugiados, vindos de centros de acolhimento da Grécia e Itália, deverá chegar a Portugal no final do mês de janeiro.

© Umit Bektas / Reuters

Sem avançar uma data definitiva e especificar o número, Luísa Maia Gonçalves adiantou que Portugal deverá receber "mais alguns refugiados" no final do mês de janeiro.

"Não há datas definidas, mas, em princípio, talvez no final do mês possam vir mais alguns", disse aos jornalistas a diretora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, no final da sua tomada de posse.

O primeiro grupo de refugiados, composto por 24 pessoas, também provenientes de centros de acolhimento de Itália e Grécia, chegou a Portugal a 17 de dezembro.

Ao abrigo do Programa de Relocalização de Refugiados da União Europeia (UE), definido em setembro de 2015, Portugal disponibilizou-se para acolher cerca de 4.500, tendo apenas chegado esse primeiro grupo de 24 refugiados.

A diretora do SEF afirmou que o atraso na recolocação dos refugiados "não é da responsabilidade de Portugal", existindo normas sobre a forma como transitam dos "chamados pontos quentes" para os estados-membros.

"O processamento é feito de acordo com as regras da União Europeia, não é Portugal que as define é a UE e há procedimentos que são acautelados e que são tidos em conta nesta situação humanitária", sustentou.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22